Olá, leitores! Como estão? Hoje, no Entre Páginas e Telas, vamos falar sobre Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa. Quem não ama esse mundo?

 

Sinopse do Filme.
Lúcia , Susana , Edmundo e Pedro são quatro irmãos que vivem na Inglaterra, em plena 2ª Guerra Mundial. Eles vivem na propriedade rural de um professor misterioso, onde costumam brincar de esconde-esconde. Em uma de suas brincadeiras eles descobrem um guarda-roupa mágico, que leva quem o atravessa ao mundo mágico de Nárnia. Este novo mundo é habitado por seres estranhos, como centauros e gigantes, que já foi pacífico mas hoje vive sob a maldição da Feiticeira Branca, Jadis , que fez com que o local sempre estivesse em um pesado inverno. Sob a orientação do leão Aslam, que governa Nárnia, as crianças decidem ajudar na luta para libertar este mundo do domínio de Jadis.

Resenha.
Nárnia foi um filme que não me decepcionou em nenhum sentido, por mais que eu tenha tido contato primeiramente com sua adaptação e depois, com sua obra literária. 

    Achei incrível o mundo apresentado por C.S. Lewis: os diversos seres mágicos, a luta eterna entre o bem e o mau, e os maravilhosos personagens que tivemos chance de conhecer. Como não amar a pequena Lúcia, o fauno Tumnus, e o nosso leão Aslam? 
    Infantil? Um pouco, mas o autor sempre soube evoluir conforme nossos personagens se mostravam mais maduros. Os sete livros de Nárnia tiveram um enredo original e divertido, porém, o mais importante é que sempre nos transmitiram lições. 
    O filme é cheio de imagens impressionantes e leais. O roteiro não segue à risca o livro, mas não teve a liberdade de se mostrar muito diferente. Os atores tiveram sucesso em incorporar os personagens, principalmente Tilda Swinton, que fez o papel da Feiticeira Branca (Jadis), e Georgie Henley, que fez nossa pequena Lúcia. 
   Defeitos? Não sei apontar, nem para sua adaptação, nem para sua obra literária. Nárnia é o tipo de história que o leva novamente para infância e o faz desejar violentamente um dia poder conhecer esse lugar magnífico. Indico sem dúvidas o filme e o livro O leão, a Feiticieira e o Guarda-Roupa. Vocês não vão se arrepender!




Quer ganhar um exemplar autografado de "A Luz Através da Janela"? Então CLIQUE AQUI e faça sua pergunta. 


     Lucinda Riley, autora best-seller de A Casa das Orquídeas e A Luz Através da Janela, com mais de 1,7 milhões de exemplares vendidos em todo mundo está desembarcando no Brasil, mais precisamente no Rio de Janeiro, na próxima semana. Desta vez, a autora vem com um objetivo especial: escrever seu próximo romance, cuja história se passará no Rio. A inspiração surgiu em sua primeira visita ao Brasil, no ano passado, quando participou da Bienal Internacional do Livro, em São Paulo. Em passagem pelo Rio, a autora se apaixonou pela beleza e história da cidade, e elegeu-a como cenário de seu próximo título.    
    Lucinda estará em pesquisa na cidade, com a ajuda de uma historiadora, por quatro dias, e depois seguirá para Búzios, onde escreverá o livro. A Novo Conceito aproveita o momento em que estreia na rede social Google+ para promover um Hangout em parceria com o Google Play entre a autora e todos os seus leitores.

Participe do Concurso Cultural e tenha a chance de participar do Hangout e fazer sua pergunta, ao vivo, para a Lucinda Riley ou de ter sua pergunta selecionada para que ela responda.


Fique tranquilo! Se você não puder falar ao vivo pela webcam com a autora, você poderá acompanhar o bate-papo através do link que será divulgado em nossas redes sociais.

Faça suas perguntas aqui, leia atentamente o regulamento e participe!



 Oi, leitores! Hoje quero que vocês conheçam o livro Cisne, da mais nova autora parceira aqui do blog, Eleonor Hertzog! Já adianto que em breve teremos a resenha do livro, e um sorteio para vocês, então, fiquem ligados. Por enquanto, saibam mais sobre esse livro que promete!


Sinopse:   Ninguém sabe exatamente quais são os critérios de seleção da Escola Avançada de Champ-Bleux, mas não há como discutir sua eficácia. Seus exames de ingresso não erram nunca! Entre milhares de candidatos de todos os pontos da Terra, apenas duzentos e cinquenta são escolhidos a cada semestre. E, num mundo onde ser cientista é o maior status que alguém pode desejar, a Escola Avançada de Champ-Bleux forma aqueles que são disputados a peso de ouro. Doris e Henry Melbourne são cientistas formados por Champ-Bleux. Aparentemente, são biólogos marinhos. Aparentemente, suas vidas se centram no Cisne, barco de pesquisas onde moram com os filhos. E, também aparentemente, são terráqueos... Seus filhos acreditam em todas essas aparências – ao menos por enquanto. Seguindo os passos dos pais, os jovens Melbourne fizeram os exames de ingresso para Champ-Bleux. Enquanto, cheios de expectativa, aguardam os resultados para saber se ao menos um deles entrou na Escola Avançada, veem-se envolvidos numa questão diplomática entre Terra e Tarilian, o único outro mundo habitado que os terráqueos conhecem. Inesperadamente, o futuro das relações entre os dois mundos vai ser decidido em um barco no meio do oceano!
Mal sabem eles que isso é apenas o começo... Logo precisarão decidir pela Terra inteira!


SOBRE A AUTORA
Olá, pessoal. Meu nome é Eleonor Hertzog e sou gaúcha de Porto Alegre. Pediatra por formação, sou escritora de coração. Leio desde que descobri o que eram livros; não vou dizer que escrevo desde a mesma época porque eu era realmente muito pequena. Mas, desde o primeiro livro, descobri que adorava contar histórias. No começo eram as dos livros. Mais tarde, as dos livros com alguns acréscimos. E, na adolescência, começaram a pipocar personagens, lugares e situações que não vinham de livro nenhum – estavam dentro de mim. Eu cresci, meus personagens se tornaram mais complexos. Eu aprendi, eles passaram a ver o mundo de outra forma. Tive filhos, eles souberam como ser pais e mães convincentes. O enredo se tornou mais bonito e complexo e, de repente, descobri que não tinha apenas uma história dentro de mim. Tinha mundos inteiros! Durante anos, família e alguns amigos muito próximos (meus únicos leitores até agora) me questionaram a respeito de quando eu iria finalmente considerar o livro pronto. Bom, está pronto agora. Orgulhosamente pronto! Entrego nas mãos de vocês meus personagens, meu enredo, meus mundos. Espero que tenham tanto prazer lendo quanto eu tive escrevendo!

Issuu
Book trailer - YouTube
Skoob



Aonde estão os fãs de Cassandra Clare aí? 
Ontem (21/02) o booktrailer do livro Clockwork Princess, terceiro volume da saga As Peças Infernais, foi liberado. O livro se passa no mesmo mundo da outra série de Cassandra, Os Instrumentos Mortais, porém na Inglaterra, na Era Vitoriana. Ele está previsto para chegas às livrarias americanas dia 19 de março, no próximo mês.



Confira abaixo o booktrailer com tradução da equipe do site Idris Brasil.



Sou tão curiosa por essa série, até por que amei ler Os Instrumentos Mortais. É uma pena que só o primeiro da trilogia tenha sido publicado no Brasil. Alguém aí já leu/ quer ler? O que acham da série?


Oi, pessoal! Temos muitas novidades para mostrar à vocês através da nova coluna: Vindo Por Aí...
Nessa coluna nos concentraremos em novidades, seja na literatura, no cinema, ou em ambos!  Vamos conferir?



Quem aí é fã de A Hospedeira, livro escrito pela renomada Stephanie Meyer? Pois liberaram o trailer final e completo da adaptação que esperamos há tanto tempo!



Sinopse - A Hospedeira - Stephenie Meyer
Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

E então, leitores? O que acharam? Ansiosos? Eu particularmente estou bem satisfeita com as cenas mostradas, acredito que não iremos nos decepcionar!





Livro: Aden Stone e a Batalha Contra as Sombras
Título original: Intertwined
Autor (a): Gena Showalter
Editora: Universo dos Livros
ISBN: 9788579301414
Páginas: 447


Sinopse:
A maioria das pessoas de 16 anos de idade têm amigos. Aden Stone tem quatro almas humanas que vivem dentro dele. Um pode viajar no tempo. Um pode levantar os mortos. Um pode prever o futuro. E outro pode possuir outro humano. Todo mundo pensa que ele é louco, essa é arazão pela qual ele passou sua vida inteira entre instituições para doentes mentais e reformatório. Tudo isso está prestes a mudar. Durante meses Aden tem tido visões de uma menina bonita – uma moça que carrega segredos antigos. Uma menina que quer salvá-lo ou destruí-lo.


    No primeiro volume da série “Interligados” somos apresentados a Aden Stone, um jovem órfão que sofreu com a negligência de médicos e instituições durante toda a sua vida. Apesar de ser diagnosticado com esquizofrenia, a verdade é bem diferente disso.
    Aden possui quatro almas aprisionadas em sua mente, e tudo o que mais sonha é em libertá-las e ser um garoto normal. Cada uma dessas almas possui um poder: Elijah pode prever o futuro, Julian ressuscita os mortos, Caleb pode possuir o corpo de outra pessoa e Eve, a única mulher, tem o poder de viajar no tempo. Aden vive se metendo em problemas por esses poderes, já que nunca pode passar em um cemitério sem transformar os mortos em ‘zumbis’ ou vive sendo pego falando ‘sozinho’.
    Então, em um dia aparentemente normal, Aden é atingido por um vento muito forte e as almas se calam. Ele descobre que a razão desse silêncio temporário é Mary Ann, uma garota que, sempre que está perto de Aden, faz as almas se calarem – mesmo sem ter consciência disso.  Eles se tornam amigos e Mary Ann concorda em tentar descobrir como libertar as almas, porém, a energia liberada no primeiro encontro dos dois convoca todos os tipos de criaturas mágicas para a cidade, que querem descobrir o motivo de tanto poder se concentrar em uma só pessoa.
   Eles conhecem, entre essas criaturas, Victoria – uma princesa vampira – e um lobisomem, Riley, e é aí que a história começa a se desenrolar. Aden se sente misteriosamente atraído por Victoria, e precisa lidar com as conseqüências dessa atração, além de tentar libertar as almas que habitam sua mente.
  
    Não tinha grandes expectativas sobre esse livro, apesar de já ter lido ótimas críticas sobre ele, e, ao final, fiquei feliz que não havia esperado muito.
   O primeiro tópico que me desagradou muito foram os personagens: Aden é nada mais do que um personagem morno. Além de, de um dia para o outro, sentir um amor incondicional pela vampira Victoria – quem, por sua vez, é insossa e não acrescenta ao livro nada mais do que as habilidades de manipulação para Aden poder sair livremente do rancho em que mora – as cenas de violência excessivas que protagoniza não trazem emoção alguma à obra.
    O outro casal, Mary Ann e o lobisomem Riley, são melhores, mesmo que não muito. Apesar de interessante no início da história, novamente me decepcionei. No decorrer dos acontecimentos, o relacionamento dos dois – que eu esperava ser um pouco mais elaborado – transformou o inicialmente destemido Riley em um perfeito ‘cachorrinho’. Não há nenhuma base, um tempo para a “grande paixão” citada se formar em nenhum dos dois casos. Em um dia são desconhecidos, e, depois de uma semana, o amor entre eles é absoluto.
    A enorme falta de linearidade também não agradou. Nas primeiras 150 páginas, não há nada acontecendo. Aden até quer libertar as almas que estão presas em sua cabeça, porém, não toma nenhuma providência significativa para isso. E, então, somos bombardeados com tantos fatos, criaturas e personagens novos em poucas páginas que chega a ser confuso. E, com tantos fatos ocorrendo ao mesmo tempo, – gnomos, bruxas, vampiros, fantasmas e histórias do passado – a autora conseguiu o que parecia impossível: tornar o livro monótono.
    A narrativa, apesar de enfadonha, é boa. Os fatos são transmitidos com clareza, e o que me incomodou, na realidade, foi apenas o modo que a história se desenvolveu. Acredito que tinha tudo para ser um livro bem elaborado, interessante, com acontecimentos rápidos e impactantes: contudo, algo no meio do caminho simplesmente deu errado.
    Todavia, o livro não é completamente ruim. A história das almas foi a parte que mais me atraiu – como elas acabaram presas na mente de Aden? Qual a extensão dos poderes delas? – e fiquei curiosa para saber mais sobre elas. O design do livro é incrível, com a capa sombria e as letras em alto relevo. A fonte é boa para leitura, e a ortografia é impecável.
    Repito, não é uma história ruim. A idéia é boa, e tem tudo para melhorar. Porém, não tenho certeza se leria a sequência se já não a tivesse adquirido. Em minha opinião, a autora pecou na quantidade acontecimentos, e fiquei a leitura inteira esperando por um momento de ação – que nunca chegou. Espero que, com o segundo volume da série, isso seja corrigido, portanto, lerei a sequência.
Para os fãs de leituras sobrenaturais, a proposta do livro é misteriosa e agradável, e recomendo a leitura a quem gosta de mistérios – quem sabe, sua opinião seja diferente da minha. 
Melhor quote:
“– Se tudo o que temos pela frente é a falta de lealdade e traição, por que insistimos nas amizades?
Ele odiou perceber que o otimismo habitual dela tinha desaparecido.
– De novo, é a natureza humana. Esperar pelo melhor é o que nos faz continuar vivendo.”



     Olá leitores! Como vão vocês?  Quem já leu a resenha de Contos de Meigan aqui do blog sabe que esse livro virou um dos meus favoritos.
     Então, como acredito que todos precisam ler essa história mágica, hoje trago uma entrevista com uma das autoras de Contos de Meigan, a Roberta Spindler, para que, quem ainda não leu, conheça um pouco mais sobre a autora e a obra. 
   A Roberta foi super simpática e topou falar um pouco sobre como começou a escrever, sobre a continuação de Contos de Meigan: A Fúria dos Cártagos e, é claro, sobre o próprio livro. Então, corra e confira!



   1. Vamos começar com uma pergunta um pouco clichê, mas difícil. Quem é Roberta Spindler?
Bom, tenho 27 anos e nasci em Belém do Pará. Adoro histórias em quadrinhos, vídeo games, cinema e RPG. Escrevo desde a adolescência e sou apaixonada por literatura fantástica. Além de Contos de Meigan – A Fúria dos Cártagos, publiquei em diversas antologias.


   2. Quando e como você começou a escrever? Já planejava, desde o início, publicar um livro de sua autoria ou a escrita era só um passatempo?
Comecei a escrever na adolescência. Eram fanfics, principalmente sobre o seriado Arquivo X. No início foi um passatempo, mas com o passar do tempo, principalmente depois que surgiu a ideia de criar Contos de Meigan, passei a levar a escrita a sério. Desde então, busco me aprimorar cada vez mais.


   3. Escrever em dupla uma só história parece ser complicado. Como funciona o processo da escrita de vocês? Cada uma escreve um capítulo, ou as idéias acabam se encaixando?
Eu e a Oriana somos amigas desde a época do colégio. Sempre tivemos gosto por escrever e já tínhamos o hábito de criar em conjunto. Com Contos de Meigan não foi diferente. Com A Fúria dos Cártagos trabalhamos da seguinte forma: criávamos o enredo juntas e depois delegávamos tarefas. Ao final de um capítulo, por exemplo, marcávamos uma reunião (real ou virtual) para discutir novas ideias e revisar o texto.


   4. A Fúria dos Cártagos é um dos livros mais originais que já li. De onde surgiu a idéia para esse mundo totalmente novo?
A ideia de Contos de Meigan surgiu quando ainda estava no ensino médio. Eu e a Oriana costumávamos conversar sobre um mundo novo, chamado Meigan, e inventar situações e histórias sobre este lugar. Quando percebemos que tínhamos um material interessante nas mãos, decidimos investir na ideia e transformá-la em um romance.


   5. Vocês enfrentaram dificuldades para publicar o livro? Quem foram as pessoas que mais acreditaram em vocês? 
Procuramos editoras que tivessem o perfil da nossa obra e ficamos felizes com o interesse da Dracaena. Minha irmã Paula foi quem mais me incentivou a buscar a publicação de Contos de Meigan, ela sempre acreditou na história e sem seu apoio não seria uma realidade hoje. 


   6. Algo que me encantou no livro desde o começo foi a protagonista. Maya não é do tipo ‘chata e bobinha’, sem contar que podemos ver um grande amadurecimento dela no decorrer do primeiro livro. Como foi criar uma personagem forte assim? Há alguém em quem vocês se inspiraram?
Eu e a Oriana decidimos que Maya seria uma protagonista forte, mas que também possuiria diversas falhas, como qualquer pessoa de carne e osso. Queríamos que as provações que ela passa durante sua jornada contribuíssem para uma lenta mudança de comportamento, um amadurecimento como você bem citou.


   7. As cenas de ação do livro são bem constantes, agitadas, e nem um pouco cansativas. Há algo que ajudou você a escrever cenas de ação? De onde vem a inspiração para elas? 
Gosto muito de escrever cenas de ação, lutas com poderes e momentos de tirar o fôlego. Tento torná-las o mais interessante possível para o leitor, buscando também criar situações diferentes e interessantes para cada batalha. Acredito que filmes, jogos e animes são minhas principais inspirações. 


   8. O romance é sutil, mas está presente no enredo (e é impossível não se encantar por Seth!). O que podemos esperar do relacionamento de Seth e Maya no próximo livro?
O segundo livro terá um foco maior no relacionamento dos dois. O romance ganhará mais destaque, por isso os leitores podem esperar momentos bem emocionantes. 


   9. Como está o andamento do segundo livro? Já há alguma data de lançamento prevista? (Eu preciso perguntar, rs.)
Estou na revisão do segundo livro, Contos de Meigan – Entre dois mundos. Ainda não há uma data para o lançamento, mas se tudo der certo terei novidades ainda este ano!


   10. Foi ótimo poder falar com você, Roberta. Deixe alguma mensagem para seus leitores!
Agradeço pelo espaço aqui no Palácio de Livros e por todo o apoio. Espero que os leitores continuem acompanhando o desenvolvimento de Meigan e de outras histórias que ainda irão surgir.
J O G O  R Á P I D O
Estou lendo atualmente...  Palladinum – Pesadelo Perpétuo, de Marcelo Amaral
O último livro que li foi... O Prisioneiro do céu, de Carlos Ruiz Zafón
Meu livro favorito é... Nossa, tenho vários! Vou ficar com 1984, de George Orwell.
Meu clássico preferido é... Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machados de Assis.
Uma leitura obrigatória... As Crônicas de Gelo e Fogo, de G. R. R. Martin
Um livro que eu gostaria de ver transformado em filme... O Silmarillion, de J. R. R. Tolkien
Minha citação favorita é... “Com grandes poderes, vem grandes responsabilidades.”

ENTRE EM CONTATO COM A AUTORA:
Twitter                                                                                 Saraiva
Facebook                                                                            Resenha de Contos de Meigan

Tumblr
Fan page do livro no Facebook

Você também pode enviar um e-mail para contosdemeigan@gmail.com e encomendar seu exemplar autografado diretamente com a autora!

     Muito obrigada novamente, Roberta! E iremos esperar ansiosamente pela continuação, "Contos de Meigan – Entre Dois Mundos". Fiquem antenados aqui no blog pois, assim que tivermos mais informações sobre o lançamento, iremos contar a vocês. 



     Oi, pessoal! Trago uma novidade aqui para o blog, pois, a partir de hoje, adicionamos mais uma nova coluna quinzenal ao nosso cronograma! O nome Top 5 é auto-explicativo, (rs.) então, falaremos em cada edição sobre o nossos cinco favoritos sobre o assunto determinado, e, no final da postagem, cabe a você, leitor, decidir qual é o melhor.  
      Para estrear essa coluna, o primeiro Top 5 é sobre... irmãos! Só quem possui irmãos sabe como é essa relação complicada, e que, apesar das brigas e desavenças, o amor fraterno é incondicional. Já aviso que todos os comentários contêm spoilers sobre os livros, então, se você não leu alguma das séries, cuidado. 


1.  OS WEASLEY
Os primeiros irmãos do Top 5 são, provavelmente, os mais divertidos e engraçados de todos os livros que já li. Não há como não gostar de Fred e Jorge, e qualquer um que conhece os livros ou filmes da série Harry Potter vai concordar comigo. A morte de Fred em Relíquias da Morte acabou não só com Jorge, mas com todos os potterheads, e não há como esquecer dessa dupla implacável que merece destaque. 


2.  OS SALVATORE
Ah, os Salvatore. Fazendo todas nós suspirarmos com a beleza dos moços em The Vampire Diaries, Stefan e Damon brigam pelo amor de Elena, a humana (pelo menos, no começo dos livros/série) que relembra e intensifica toda a hostilidade que existe entre os irmãos. Apesar de o desentendimento vir de anos atrás e de estarem sempre brigando, eles não deixam de ajudar um ao outro quando mais precisam, e é perceptível que nada muda o fato de cada um ser a única família que resta ao outro.


3.  OS CULLENS

É quase impossível não saber quem são os Cullens. Apesar de não serem irmãos de sangue, Edward, Alice, Jasper, Emmett e Rosalie são muito unidos e se amam como uma legítima família. Mesmo que em Crepúsculo os irmãos (com exceção de Alice) não apoiam o relacionamento de Edward com Bella, no decorrer do livro o cada um dos irmãos tem um papel na história dos dois, e mais de uma vez salvam a pele da protagonista.


4.  OS LIGHTWOOD
Uma das adaptações mais esperadas desse ano é a de Cidade dos Ossos, que já tem a estréia marcada para 23 de agosto nos cinemas. Os irmãos da família Caçadora das Sombras, os Lightwood, são super unidos e vivem lutando contra os seres do Submundo juntos. Apesar de que não poderiam ser mais diferentes, Jace, Isabelle e seu irmão gêmeo, Alec, compartilham um vínculo muito forte, protegendo um ao outro acima de tudo. 


5.  OS MADDOX
Os Maddox são engraçados, simpáticos e muito parecidos. Travis, Trenton, Thomas e os gêmeos,  Taylor e Tyler, são incrivelmente próximos, principalmente depois da morte da mãe deles. Apesar de não terem um destaque muito grande em Belo Desastre, podemos perceber claramente todo o carinho que existe entre a família, e esperamos poder conhecer mais sobre a relação dos irmãos no livro que contará a história pelo ponto de vista de Travis, "Walking Disaster" (Desastre Ambulante, traduzindo do inglês). Não temos uma imagem oficial dos irmãos para mostrar (uma pena!), porém os direitos da adaptação já foram comprados pela Warner Bros, e, mesmo sem nenhuma previsão, estou muito ansiosa para saber quem dará vida aos lindos Maddox nas telas.


Agora é com você. Vote e nos conte quais, na sua opinião, são os melhores irmãos da ficção. Se você tiver uma opinião diferente, nós vamos adorar ouvir qual é o seu Top 5 aqui nos comentários. Ah, e se você sabe de algum assunto interessante que pode estar no próximo Top 5, estamos abertas à sugestões.



Oi pessoal! Volta às aulas com livros novos é o que há! E os blogs Livros e ChocolatePalácio de LivrosCorações de NeveSobre Livros e mais um poucoJornalismo na Alma e Seguindo o Coelho Branco se reuniram (alguns em parceria com a Novo Conceito) para premiar 2 sortudos com LIVROS




O primeiro sorteado escolhe 4 livros e o segundo fica com os 2 restantes!
E é super simples de participar! Veja as regrinhas:

- Basta residir em território nacional
- Seguir todos os 6 blogs publicamente pelo GFC
- Comentar nessa postagem pra validar sua participação deixando seu email de contato!

Não se esqueça de ler atentamente os Termos e Condições no final do formulário!

Lembrando que cada blog é responsável somente pelo envio do livro que disponibilizou, e devido a isso, o recebimento pode ocorrer em datas diferentes!

"E que a sorte esteja sempre com você!"



Livro: 72 Horas Para Morrer
Autor (a): Ricardo Ragazzo
Páginas:  254
Editora: Novo Século
ISBN: 9788576794950


Pior do que conhecer um Serial Killer, é um Serial Killer conhecer você! “O Carro pertence à sua namorada.” Com essas palavras, Júlio Fontana, delegado da pacata cidade de Novo Salto, tem a vida transformada em um inferno. Pessoas próximas começam a ser brutalmente assassinadas, como parte de uma fria e sórdida vingança contra ele. Agora, Júlio terá que descobrir a identidade do responsável por esses crimes bárbaros, antes que sua única filha se torne o próximo nome riscado da lista. 72 Horas para Morrer é uma corrida frenética contra o tempo, que prenderá o leitor do início ao fim.



Uma mulher indefesa fora raptada e morta para atingir seu namorado, o delegado Julio. Seus órgãos foram encontrados fora de seu corpo, e seu corpo, dentro de um freezer.  Mas a brutalidade não parava por aí. Julio encontrou sua amada Agatha segurando um pote  e dentro dele encontrava-se um minúsculo embrião; o filho que o delegado jamais veria nascer.
A cena chocou nosso protagonista, acreditando que o próximo alvo do misterioso assassino seria sua filha, o único ente que lhe sobrara. Nas investigações, tudo que descobriram fora uma imagem de duas cobras entrelaçadas formando o símbolo do infinito, e que esse símbolo pertencia à uma gangue de presidiários. Será que os homens que Julio havia colocado atrás das grades agora queriam se vingar?
Paulo, um padre e amigo de infância do delegado, informara-lhe que Miguel saíra da prisão e que estava mudado, podendo ser um homem reformado. Miguel foi o assassino do primeiro amor de Julio. Será que também matara Agatha? Mas através das informações que o delegado buscava, descobriu que Felipe Diniz, o homem que fora amante de sua esposa – já morta – e o qual Júlio torturara, também saíra da prisão há poucos dias... Em quem acreditar? Em desconfiar?
Será que Julio conseguiria manter sua filha à salvo? Será que Júlio conseguiria encontrar o autor de tais crimes? O delegado tinha 72 horas para resolver todo o caso, antes que fosse atraído para a grande armadilha. Somente 72 horas.

Esse livro, sem sombra de dúvidas, é o livro mais impactante que já li. Repleto de cenas fortes, uma narração envolvente e viciante, personagens reais que você admira e se decepciona, 72 Horas Para Morrer tornou-se meu livro policial favorito logo nos primeiros capítulos.  
Quem não gosta de um enredo surpreendente? Mal posso lhes contar o quanto me surpreendi nessa trama, pois ela estava longe dos clichês tão importantes dos livros policiais, os quais o autor conseguiu superar.
Mas também me senti triste, frustrada e com compaixão da maioria dos personagens envolvidos.  Não houve um começo feliz; nem um meio, mas um final dolorido e admirador. Esta é uma grande obra, uma história de fazer os pelos do braço arrepiarem.
 As cenas são pesadas demais para um estômago fraco: mortes de deixá-lo de boca aberta e a respiração presa. Não indico esse livro à quem não consegue lidar com atrocidades, pois elas são constantes em 72 Horas Para Morrer.
Devido ao título desse livro, imaginei que os acontecimentos seriam exageradamente rápidos. Contudo, a narração conseguiu equilibrar o livro. Todos os personagens me conquistaram, todos os personagens me decepcionaram de alguma forma. Nunca me deparei com sentimentos tão fortes que estavam em conflito à todo momento. Suspeitei diversas vezes de um personagem e errei diversas vezes. Normalmente, erro somente duas...
O final me deixou paralisada, refletindo sobre as soluções e explicações apresentadas. Tudo estava detalhadamente arquitetado, todas mentiras, todas as ações, todas as mortes... Não pude deixar de estar confusa ao descobrir que as únicas certezas que tinha com relação ao livro estavam equivocadas. Essa história foi para uma direção inesperada, e continuei a amá-la e admirá-la.
Todo o passado que assombrava nosso protagonista e antagonistas foi lentamente apresentado ao leitor, deixando-nos no escuro por diversas vezes, curiosos e imaginando coisas que nunca vieram a acontecer.  
Um livro de poucas páginas, mas de tantos acontecimentos que é fundamental a concentração. Indico, sem duvidas, 72 Horas Para Morrer. Os livros policiais de autores famosos nem chegam aos pés dessa impactante obra!
Primeiro Parágrafo: Assim que acordou, Agatha foi tomada pelo desespero. Não era sempre que alguém abria os olhos e percebia-se amarrado a uma cadeira e com a boca tapada por uma fita adesiva.
Melhor Quote: Jaime esta certo. Fazer justiça com as próprias mãos não passava de um ato criminoso, camuflado pela ideia de fazer o que é certo. Só que, para isso, existem leis. Para determinar o bem comum, não apenas o desejo individual.


Foi divulgada a capa nacional e a previsão de lançamento para Insurgente. Segundo a Editora Rocco, o livro tem previsão de lançamento para Abril aqui em solo brasileiro. Alguém aí já leu o primeiro livro da série?


Sinopse: Uma chance pode transformar você – ou destruí-lo. Mas em cada chance há consequências, e com tumultos surgindo em todas as facções ao seu redor, Tris Prior precisa continuar a tentar salvar à todos que ama —e a si mesma— enquanto luta com questões de dor e perdão, identidade e lealdade, política e amor.
O dia da iniciação de Tris deveria ser marcado com a celebração e vitória da facção que escolheu; em vez disso, o dia terminou com horrores indescritíveis. A guerra assoma-se com os conflitos entre as facções e suas ideologias crescem. E em tempos de guerra, lados devem ser escolhidos, segredos emergirão, e as escolhas se tornarão ainda mais irrevogáveis — e ainda mais poderosas. Transformada por suas decisões, mas também assombrada pela dor e culpa, e novas descobertas radicais, Tris deve aceitar plenamente ser Divergente mesmo que ela não saiba o que ela pode acabar perdendo por fazê-lo.

O que acharam, leitores? Gostaram da capa e da sinopse?



Olá, leitores! Estamos aqui novamente para transmitirmos à vocês a extensa e complexa ligação que a musica tem com a literatura, através de nossa coluna quinzenal. O livro escolhido dessa vez foi Fallen, escrito por Lauren Kate!


Fallen é um livro um tanto frio e obscuro, tanto quanto sua capa. Pelo menos, foi dessa maneira que me senti dentro do reformatório onde Luce – a protagonista – foi parar. Dessa forma, quando ouvi a musica Porto Alegre da banda Fresno, percebi o quanto era perfeita para essa história: seu ritmo, sua letra, seu jeito "triste" de ser.


E então, leitores? Gostaram? Alguma musica lembra vocês de Fallen?




Livro: Batalha dos Anjos
Autor (a): Gilson Pinheiro
Páginas: 312
Editora: Novo Século: Novos Talentos
ISBN: 978-85-7679-614-5

Em setembro de 2008, membros de uma seita secreta infiltraram-se na CERN, a Organização Europeia para a Investigação. Dois dias após o início do funcionamento do LHC – a maior máquina do mundo, com um perímetro de 27 km –, danificaram o acelerador de partículas, com o consequente surgimento de uma fenda interdimensional, pela qual, acreditavam, haviam feito uma passagem e libertado Azazel, o anjo caído. Henrique era um rapaz rico e extravagante, que utilizava o seu dom paranormal para exibir-se aos amigos. Teria, agora, de compreender a verdadeira motivação de seus poderes mediúnicos, e de utilizar o seu livre-arbítrio para decidir qual caminho seguir. Caso a escolha fosse equivocada, colocaria em risco o futuro de toda a humanidade, provocando a “Batalha dos Anjos”.


    O livro se inicia com Nicanor, membro de uma seita religiosa, em 1998. Nicanor faz parte da seita denominada Nefilim, é um dos infiltrados na Organização Europeia para a Investigação Nuclear, a CERN. Esses membros acreditam que são filhos de anjos com seres humanos, e, após cometerem atrocidades e protagonizarem cenas grotescas em prol de sua causa, o grupo danifica a maior máquina do mundo – que está em posse do CERN – com o objetivo de liberar Azazel, o anjo caído. Porém, o que acabam libertando não é Azazel, mas sim vários espíritos delinquentes que começam a causar um desastre em nosso planeta.
     O que faltava para a causa ser bem sucedida era alguém com poderes suficientes, e é aí que conhecemos Henrique, um playboy assumido, muito rico e dono de uma famosa boate, que vive no meio de muito luxo. Sendo também um poderoso médium, apesar de nunca ter usado seus dons para um causa notável, em uma noite Henrique sem querer convoca espíritos malignos para si, e é aí que uma reviravolta se dá início na vida do rapaz.

   Batalha dos Anjos é um livro maduro, muito bem escrito e que consegue envolver vários fatos que realmente aconteceram, justificando eles de acordo com o enredo, algo que trouxe muita credibilidade à leitura. Não fala – como eu havia pensado de inicio – sobre anjos caídos e paixões por mortais. É intenso, muito humano e reflexivo.
     É possível acompanhar o crescimento, o amadurecimento de Henrique, e isso foi algo que me chamou muita atenção durante a leitura – como é notável que o personagem vai evoluindo conforme a história vai tomando lugar.
    É uma história extremamente verossímil, e o autor soube retratar com muita destreza a crueldade humana, a ambição, mas também o amor que acontece entre Henrique e Leila. A narração é feita em terceira pessoa, e apesar de ter alguns excessos de informações no começo, flui brilhantemente durante o resto da obra.
     Recomendo aqueles que adoram um livro com um tanto de aventura, romance e principalmente, os que preferem se aventurar no mundo sobrenatural. Sem contar que é um livro nacional!
Primeiro parágrafo do livro:
"10 de setembro de 2008.
Naquela aurora de quarta-feira, os primeiros raios solares oriundos doo leste riscavam o firmamento, ofuscando as últimas estrelas que persistiam cintilantes, quando um homem de cavanhaque, obeso e de tez clara abriu a porta de sua residência."


Oi gente! Hoje quero que vocês conheçam um livro que acaba de ser lançado, e que promete muito! Os Segredos de Landara, de Bruna Camporezi, foi lançado pela Editora Novo Século, através do selo Novos Talentos. 



Sinopse (Livro Um): É preciso coragem para desvendar o passado...
Acordar em um lugar sujo e completamente estranho parece algo insano demais, principalmente quando uma jovem percebe que está dentro de uma prisão e não consegue se recordar nem mesmo de seu próprio nome.
Completamente perdida, sua única escolha é tentar se comunicar com os outros encarcerados, como James, um antigo prisioneiro. A garota descobre que está em Landara, uma ilha que abriga criaturas incríveis e civilizações bem peculiares. Para desvendar os mistérios desse lugar, terá que encontrar Klaus Leone, um cientista genial que há tempos esconde algo que poderá mudar o futuro da ilha. E ao contar com a ajuda de diversos companheiros, acabará se apaixonando por um deles.
As descobertas de seu passado e sobre este mundo aumentam a cada página e, de forma surpreendente, acabam alterando o rumo da viagem, obrigando-a a enfrentar situações que ela só acreditava ser possível em sonhos.
O que esta extraordinária ilha tem de tão oculta?




 SOBRE A AUTORA 

BRUNA CAMPOREZI nasceu em 11 de fevereiro de 1993, mora em São Paulo e estuda Engenharia dos Materiais na Universidade Federal do ABC- UFABC. Sempre se interessou por todo tipo de arte, como pinturas, desenhos, teatro e, principalmente, literatura. Sua imaginação fértil lhe proporcionou diversas histórias que acabavam se perdendo no tempo, até o dia em que resolveu colocar no papel. E correu atrás de seu sonho, que agora se materializa com a trilogia Os segredos de Landara.



Facebook do livro
Twitter da autora
Blog do livro
Skoob 

O que acharam? Me interessei tanto pelo livro! Fiquem ligados que em breve traremos a resenha para vocês.



Livro: A Fórmula da Vida
Autor (a): Adriana Igrejas
Editora: Letra Capital
ISBN: 9788577851218
Páginas: 432


O que é a vida? Qual a melhor forma de se viver? Pode alguém que perdeu tudo que era importante em sua vida ainda ser feliz? Ainda há esperança mesmo para quem viveu dor, violência, solidão? Para quem se deixou levar pelo caminho
do mal? Na jornada em busca da fórmula da vida, o leitor vai experimentar muita ação, tramas, drama, conflitos
existenciais e romance. Vítima de um crime, Catarina Evangelista Durval atravessa a adolescência e chega à vida adulta com vários dilemas e vai precisar lutar pela sua vida e resolver todos os seus problemas antes de poder buscar novamente o amor e a felicidade. A fórmula da vida é um livro para todos os gostos. Tem um pouquinho de tudo em uma história cheia de reviravoltas e com personagens marcantes e apaixonantes, dentro de uma narrativa dinâmica e moderna.

     Catarina sempre fora uma menina feliz e despreocupada, até três criminosos fazerem dela e seu pai , reféns. O mandante do crime era claro: queria a Fórmula da Vida, a qual desconfiava fazer a água poluída voltar a ser limpa. Seu pai, dono das Indústrias Químicas Ecoleveq, disse onde se encontrava a formula tão rara, e mesmo depois disso, o misterioso homem atrás do celular que os bandidos usavam, mandou tirar-lhe a vida. O pai de Catarina morreu em sua frente, lembrando-a o quanto a amava, e o quanto desejava que ela fosse ao túmulo de sua mãe ao completar 21 anos.  Logo depois, os três rapazes violentaram sexualmente a pobre e inocente menina.
    Nossa protagonista acabou tendo uma adolescência terrível, sem amigos, sem namorados, sem a própria família. Quem lhe restara fora seu padrinho, Valério Rodrigues, que virara presidente da empresa de seu pai até que Catarina atingisse a maioridade.  Mas Valério era frio e indiferente com sua afilhada, e depois de contar-lhe que os criminosos seriam soltos porque a lei não se aplicava a menores de idade, Catarina resolvera pegar uma arma de fogo de seu responsável,  e  matar todos eles na saída da delegacia.
     Agora Catarina não era mais inocente, pelo contrário, já matara, mesmo sendo tão nova. A lei também não podia condenar ela, e a vida da traumatizada adolescente tornou-se pior ainda, com muita culpa e raiva.
     Mas depois de se dedicar a Artes Marciais e se tornar pitgirl, justiceira, e ser presa inúmeras vezes, Catarina vê-se formada na faculdade de zootecnia e longe da violenta vida que tivera. Já estava na hora de ir para alguma fazenda, e ficar longe das cidades agitadas. Foi assim que Catarina foi parar numa fazenda distante do estado em que morava, usando uma identidade e um nome que não lhe pertencia. E foi dessa maneira que conheceu o amor da sua vida e a família que nunca tivera.
   Será que Catarina conseguiria tirar a culpa, a raiva e a dor de seu coração? Será que nossa protagonista conseguiria descobrir que mandou matar seu pai, e onde se encontrava a Fórmula da Vida?
  
      Esse livro foi muito especial para mim, por trazer à tona sentimentos intensos, e lições de arrepiar!
Amei inteiramente Catarina, com seus erros e qualidades, e vi-me tomando para mim seus conflitos, sejam eles exteriores ou interiores. Eis uma personagem real, que admirei e por quem nutri muita simpatia, até mesmo quando suas ações eram erradas. Entendi-a do modo que era, e torci o livro inteiro para que conseguisse encontrar a paz interior.
     De inicio, a história foi cansativa, justamente por ser real e cheia de detalhes que acreditei serem insignificantes, mas que, sem duvidas, contribuíram para a protagonista, os demais personagens e toda trama. E, no entanto, não consegui de modo algum abandonar o livro por um dia sequer. A autora conseguiu me despertar curiosidade e amor pelo enredo – que tem um equilíbrio ótimo.
     A narração em terceira pessoa nunca foi tão próxima dos personagens, a emoção transmitida nunca foi tão real. A administração do livro é admirável; concentrou-se em acontecimentos importantes, e teve uma linha temporal muito correta.
     A Fórmula da Vida é constituída de diversos “gêneros”, como romance, drama, ação, suspense. E nunca encontrei um livro que não pecasse em pelo menos um dos gêneros citados. Isso não aconteceu com esta obra. Tudo foi bem desenvolvido e emocionante, tanto, que não sei afirmar minha parte preferida.
     O final foi surpreendente e me deixou refletindo sobre o maravilhoso livro que tive a chance de conhecer.  Erros? Sinceramente não sei apontar. A Fórmula da Vida se tornou um livro muito querido por mim e um dos melhores enredos com que tive contato.
    As lições foram marcantes, as críticas bem abordadas. Uma história digna de uma ótima adaptação para o cinema. Essa história e esses personagens, com certeza, foram criados com detalhes e vividos por muito tempo na mente da autora Adriana Igrejas, por serem tão vivos!
    Quero indicar esse livro a todos. É aquele tipo de livro que não deixa a desejar, que é impossível esquecer ou não apreciar! É amor na certa. E garanto que a Fórmula da Vida é um livro que vai tirar horas de seus pensamentos e pode até mesmo, dar-lhe uma grande Ressaca Literária! Apostem sem hesitar, leitores, vocês não irão se arrepender! 
Primeiro Parágrafo:  "Valério Rodrigues, Presidente das Indústrias Químicas Ecoleveq, dava uma palestra no hotel Glória [...]."
Melhor Quote:  "Era a educação. Ela torna as pessoas diferentes por dentro. Uma vez que você conheça algo, não há como voltar atrás. Um homem pode perder tudo, tornar-se pobre, mas o que ele aprendeu, ele vai carregar para sempre."

Nós, junto com a autora Adriana Igrejas,  iremos administrar um booktour do livro "A Fórmula da Vida". Esse booktour seria destinado, preferivelmente, aos blogueiros do Paraná. Porém, gostaríamos de ter uma ideia de quem estaria interessado, independente do estado em que reside. 
Se você gostaria fazer parte do booktour, deixe um comentário nesse post com BLOG + ESTADO + E-MAIL PARA CONTATO, pois estamos selecionando os blogs interessados.


Oi pessoal! Como estamos tendo bastante participação de vocês, leitores, resolvemos continuar com o Top Comentarista mensal aqui do PL. 
Dessa vez só haverá um ganhador, e as regras continuam as mesmas que dos meses anteriores. Porém, esse mês o prêmio será um livro surpresa. 


Vou dar apenas duas pista para vocês: O livro será da Editora Novo Conceito, e é um dos lançamentos de Janeiro da editora. Já mostramos os lançamentos de Janeiro da NC aqui. Então deem o palpite de vocês e continuem comentando muito!

Regras e Esclarecimentos:
♔ A promoção só é valida para residentes no Brasil.
♔ Só é válido um comentário por post.
♔ O Prêmio será do leitor que mais comentários fizer nos posts do mês de Fevereiro de 2013.
♔  Se houver empate, o prêmio será sorteado entre os participantes com o mesmo número de comentários.
♔ O Top Comentarista de Fevereiro só será válido até dia 28 desse mês. O Resultado sairá dias depois, em um post no blog.
♔ O ganhador terá um prazo de sete dias para mandar um e-mail com seus dados para palaciodelivros@gmail.com, e depois do recebimento dos dados, enviaremos o livro em até 60 dias.

OBS. Não serão válidos comentários que não sejam relacionados ao post, ou comentários que não indicam que a leitura foi feita por parte do participante. É necessário demonstrar que o participante é um leitor presente no blog, para que não haja uma premiação injusta, assim, comentários como "Gostei da capa", "Interessante" e etc. não serão validados.
* As Regras e Esclarecimentos estão sujeitas a mudança por parte das blogueiras responsáveis pelo Palácio de Livros.

Queremos todos participando! E se você tiver alguma sugestão de livro para o Top Comentarista de março, deixe nos comentários desse post.


      Olá, queridos leitores! Chegou a hora do Resumo do Mês, onde temos todos os post feitos no mês anterior. Nossa pretensão em publicar o Resumo do Mês nos primeiros dias mensais é facilitar o acesso dos leitores as novidades do blog.
Sem mais, aqui vai o resumo do mês de Janeiro de 2013!


P  R O M O Ç Õ E S


C A I X A  D E  C O R R E I O
Caixa De Correio #3


R E S E N H A S 
O Último Beijo – Cacá Adriane
Algemas De Seda – Frank Baldwin
Pacto Secreto – Eliane Quintella
Mulhersegura.Com – Sílvia M. Bonini Regiani
Morte No Litoral – Nádia São Paulo
O Vampiro Da Internet – Licínia Ramizete
Casamento Por Aparências – Dill Ferreira


N O V I D A D E S
Capa E Sinopse De "O Lado Bom Da Vida"
Autora De “Belo Desastre” Divulga Capa De “Walking Disaster”
Divulgada A Capa De Dezoito Luas
Lançamento Da Antologia Quimera – Contos Fantásticos


Ao Redor Do Globo: Capas #12 – A Vida Em Tons De Cinza



Q U O T E S  D E   Q U A R T A
Quotes De Quarta #11

E N T R E   P Á G I N A S   E   T E L A S 
Entre Páginas E Telas #5 — A Última Casa Da Rua


M E M Ó R I A   M U S I C A L 
Memória Musical # 7 – Tocada Pelas Sombras


L A N Ç A M E N T O S 
L I    A TÉ   A   P Á G I N A  100  E ...

Li Até A Página 100 E... #1


D I V U L G A Ç Õ E S 
Quantas Chances Houver

P A R C E R I A S  F E C H A D A S

A U T O R E S
Adriana Igrejas
Dill Ferreira
Ricardo Ragazzo
R. Costac
Andressa Andrião



E D I T O R A S

Queremos lembrar-los que estamos abertas a críticas construtivas, sugestões para as colunas iniciadas no blog, pedido de resenhas (dê prioridade aos “Lidos em 2013”), e parceria com blogs, editoras e autores.



Oi pessoal! A quarta Caixa de Correio do PL está no ar, e dessa vez mostramos livros que recebemos ainda no finalzinho de Dezembro e no começo de Janeiro, além dos livros que nós mesmas compramos. Dessa vez o vídeo ficou bem curtinho, então, vamos conferir! 


LIVROS CITADOS
Coleção Harry Potter (Edição Limitada — Capas Brancas)
72 Horas para Morrer — Ricardo Ragazzo

Série Os Instrumentos Mortais — Cassandra Clare <3
Cidade dos Ossos
 Cidade das Cinzas
 Cidade de Vidro 
Cidade dos Anjos Caídos
City of Lost Souls

Eu particularmente adorei nossas aquisições nesse mês!
O que acharam dos livros? Algum aí está na lista de vocês?


Oi, amores! Aqui está o aguardado resultado do top comentarista desse mês! Primeiramente, gostaríamos de agradecer imensamente à todos que participaram ativamente da promoção. Os comentários são muito importantes para sabermos a opinião de vocês, e podem ter certeza de que cada um é lido.



Como foi dito, os comentários válidos seriam nos posts de Janeiro. Porém, mais de um leitor comentou em todos os posts válidos de Janeiro, gerando assim um empate. Portanto, apelamos para os comentários feitos nos posts de Dezembro do ano passado, e somente assim, conseguimos dar um fim no empate!

Em Primeiro lugar temos Jéssica Lisboa, que teve 23 comentários válidos no mês de Janeiro, e ultrapassou a segunda colocada nos posts de Dezembro. 
Prêmio: Kit 1: Contém 50 marcadores diversos + 1 botton e 2 desivos + livretos; 

Em Segundo lugar temos Tami, do blog Gaveta Abandonada !
Prêmio: Kit 2 : 20 marcadores + 1 botton e adesivos + livretos.

E em Terceiro lugar, temos Marina, com 22 cometários válidos!
Prêmio: Kit 3: 20 marcadores + 1 botton e adesivos + livretos (cada kit).


As vencedoras têm 7 dias para enviarem um e-mail para palaciodelivros@gmail.com com os dados.
Parabéns, meninas! E que continuem sendo leitoras sempre presentes no blog!


.