Livro: Dente Por Dente
Título Original: Fire with Fire 
Autor (a): Jenny Han e Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
Páginas: 509
ISBN: 97885816330404
Sinopse: Depois dos acontecimentos do homecoming, Reeve foi parar no hospital, com uma perna quebrada, e seu futuro como atleta está ameaçado. As meninas se sentem culpadas por toda a situação. Não esperavam que as consequências do plano fossem tão graves. Quase perderam o controle. Já que Reeve está mais arrogante do que nunca, o jeito será aplicar nele uma dose do seu próprio veneno e esperar que aprenda a lição. O acidente no baile deixou marcas profundas na consciência de Lillia, Kat e Mary. Sentimentos como amizade, lealdade e ódio se misturam, questionamentos sobre limites... Alguns segredos são mais difíceis de guardar. Aliás, o que são essas coisas estranhas que estão acontecendo com Mary? À medida que Lillia, Kat e Mary descobrem verdades incômodas sobre os moradores da ilha, percebem também que não se conheciam como pensavam. Cada vez mais elas lidarão com o sentimento de que talvez tenham ido longe demais...

 TRILOGIA "OLHO POR OLHO"
    1.  Olho Por Olho
    2.  Dente por Dente

  
Dente por Dente é a continuação de Olho Por Olho, escrito por Jenny Han e Siobhan Vivian e traduzido pela editora Novo Conceito. Este primeiro volume foi lançado no segundo semestre de 2013 e teve uma divulgação excelente. Mas com um tema tão simples e repetitivo como a vingança ocorrida no colegial, o que fez de Olho por Olho e Dente por Dente interessantes? Assim que tive a oportunidade de ler o primeiro livro, desconfiei que era uma cópia de Carrie, A Estranha. Porém, foi tendo contato com o segundo volume que descobri suas diferenças. Saiba por quê, confira a resenha abaixo.

    A vida foi dificil para Mary, que sofreu bullying no inicio da sua adolescência e foi humilhada pelo garoto que amava, Reeve. Isso trouxe marcas permanentes e irreversíveis em sua vida. Entretanto, ela decidiu voltar para sua cidade natal para consertar tudo, receber um pedido de desculpas e superar todo esse trauma.
    Entretanto, assim que teve oportunidade de questionar Reeve, ele simplesmente a trata mal novamente. Estava na hora de fazê-lo sangrar como ele fizera com ela. Foi com esse pensamento que junto com Kat e Lillian, arquitetou um plano de vingança. Lillia iria seduzir Reeve até ele ficar irrevogavelmente apaixonado por ela, e então ela quebraria seu coração.
    Mary decidiu que não contaria à suas parceiras o que realmente sentia por Reeve, e ao perceber que Lillia conquistara fácil o que ela nunca conseguiu, isso pareceu quebrar mais ainda seu coração. Para piorar tudo, Mary começou a desenvolver poderes psíquicos inimagináveis. Ela conseguia tremer janelas, abrir portas trancadas... Afinal, o que ela era?
    Já Lillia começou a se sentir próxima de Reeve a ponto de ansiar sua presença. Será que ela estava começando a se apaixonar pelo inimigo de Mary, e, consequentemente, seu? Querê-lo para si era um erro, já que sua antiga melhor amiga, Rennie, o amava e que se propusera em quebrar seu coração.  Fizera um novo pacto com Mary e Kat, não podia quebrá-lo agora.
    Mas a vingança não fica por aí. Mary descobrirá mais sobre si e virará um perigo mortal para todos. Que poder o ódio tem? Olho por Olho, Dente por Dente...



      Olho por Olho foi uma decepção para mim. Teve um enredo um tanto envolvente, porém fraco e sem uma direção firme, além de ter muitas semelhanças ao livro escrito por Stephen King, Carrie, A Estranha. Contudo Dente Por Dente se mostrou diferente em um sentido: houve realmente um rumo tomado, e todas as ações estavam concentradas nele.
    Cada detalhe contribuiu para o final surpreendente. A narração informal se manteve, mas é possível perceber uma evolução nela e uma conectividade maior entre ela e os personagens. O livro é compartilhado pela visão de três personagens, Kat, Lillian e Mary, que apresentaram idéias diferentes de um mesmo acontecimento, enriquecendo o conteúdo. Mas os personagens secundários como Reeve e Rennie tiveram bastante desenvolvimento e foco.
    Acredito que um dos pontos mais forte nesse livro foi o nível de precisão e realidade embutido nele. Os personagens tinham qualidades e defeitos fortes. Não achei nenhum personagem fraco, e essa peculiaridade contribuiu muito para a história.
    O ponto mais fraco e incomodador foi o potencial desperdiçado. Dente por Dente poderia ser muito mais do que foi. As autoras poderiam ter aproveitado mais os personagens e os acontecimentos. 
    Se o primeiro volume foi envolvente, este se superou. Apesar de ser um pouco maior que o anterior, li-o com a mesma rapidez. A obra parece instigar muito o leitor por ser misteriosa e muito inconseqüente; não há como prever seu desfecho.
    Trata-se, sem dúvidas, de um livro juvenil, que não indicaria à adultos por fugir muito do estilo. E foi, por muito tempo, um livro leve, para quem gosta de distração. Não mais. O final de Dente por Dente deu uma profundidade tão grande à série que fiquei pasma e intrigada.
    E há muitos sentimentos nesse livro. Raiva, revolta, pesar, amor, e vingança. Isso mexe com o leitor desde o começo a ponto de não haver como se posicionar diante um personagem. Odiei Reeve como Mary e amei-o como Lillia. Tudo é uma questão de ponto de vista, não? Isso prova a ligação que há entre os leitores e as protagonistas.
    O desfecho quebrou meu coração. Emocionou-me de uma forma que não imaginava e me deixou olhando para tudo o que tinha lido. Com uma brecha fechada e um mistério desvendado, precisei ruminar a respeito de tudo, com outros olhos. Cheguei a conclusão que este livro renderia uma adaptação poderosa.
    A capa é muito bonita, mas não tanto quanto Olho Por Olho. Todo o designe interno é satisfatório, porém simples. Por mais que o livro se mostre “grande”, a fonte da letra é dessa mesma proporção, sendo assim, uma leitura demasiada rápida. Não houve erro de ortografia gritante e parabenizo a Editora Novo Conceito por tal feito.

    E, apesar do primeiro volume não valer a pena, o segundo compensa, e realmente nutro expectativas para o terceiro. Portanto, indico aos leitores juvenis, alertando-os dos erros. Não espere um enredo espetacular, nem uma história perfeita. Dente por Dente é bom do seu jeito. 
Primeiro Parágrafo:
“Não consigo decidir-me o que vestir. (...)”

Melhor Quote: 
“Olho por Olho, Dente por Dente, Fogo contra Fogo. Uma vida por uma vida. Foi assim que tudo começou. E é assim que vai terminar.”


     



Oi, gente! Depois de um tempo sem dar as caras por aqui, nosso Top 5 está de volta, e traz consigo um assunto um tanto quanto doloroso para nós, leitores. Quem aí nunca leu um livro que, após o final da leitura, te deixou olhando para o teto e imaginando como o mundo nunca mais seria o mesmo? Quem nunca precisou fazer uma pausa de alguns segundos para recompor-se e continuar a leitura? Bem, o Top 5 desse mês é sobre livros que vão te fazer chorar (ou fizeram!). Vamos lá?

1. DIÁRIO DE UMA PAIXÃO, DE NICHOLAS SPARKS
Ainda há de existir, no mundo, um livro que me fará chorar mais do que Diário de Uma Paixão. A história de Noah e Allie é umas das mais bonitas que já li, e olha que eu tenho um problema sério com as outras obras de Nicholas Sparks. Mexendo com as emoções de qualquer um, e retratando uma história que alterna entre o passado e o presente, essa linda história de amor abala até o mais duro dos corações. É sério!

2. ROMEU E JULIETA, DE WILLLIAM SHAKESPEARE
Primeiro, se você ainda não leu Shakespeare, posso afirmar com certeza que não sabe o que está perdendo. A história de amor mais famosa do autor, quiça de toda a literatura, é também uma das mais tristes que já li. Sim, talvez o amor extremo dos dois seja um pouco demais, ou as medidas tomadas pelos adolescentes sejam exageradas, mas uma coisa é preciso admitir - a injustiça sofrida pelos dois é épica, e a peça é recheada de trechos lindos e tocantes.

3. A CULPA É DAS ESTRELAS, DE JOHN GREEN
Também conhecido como "A Culpa é Do John Green", é um livro que tem tanto amor em sua composição que é até difícil de explicar. ACEDE foi trauma enorme para mim: já comecei a leitura do livro me preparando para as mortes iminentes, mas pode ter certeza que o autor retrata-as tão dolorosamente como uma facada. Só digo que não é atoa que as últimas páginas do meu exemplar estão manchadas - lágrimas e mais lágrimas!

4. AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL, DE STEPHEN CHBOSKY (LEIA A RESENHA!)
É difícil expressar em palavras como esse livro me tocou. Eu ri, chorei e senti como se estivesse vivendo as situações que me foram descritas. O protagonista, Charlie, é tão doce de um jeito extremamente inocente, o que faz-nos refletir sobre fatos cotidianos de um modo nunca visto. Talvez, pela abordagem singular, não seja uma obra que todos consigam gostar ou compreender, já que conta com pontos profundos e até um tanto poéticos - mas pode ter certeza, se procura por uma leitura leve e ao mesmo tempo reflexiva, esse é o livro que vai fazer-te sentir infinito.

5. ÁGUA PARA ELEFANTES, DE SARA GRUEN (LEIA A RESENHA!)
Te prometo que se você não chorar pelo velhinho triste, vai chorar pelos animaizinhos maltratados, ou pela história de amor proibido, ou pela maldade humana, ou por outros milhões de motivos que - sim! - estão nesse mesmo livro. É simples e absolutamente um livro intocável, que te transporta para a era circense da década de 30, e te mostra o amor de uma maneira singular e linda. E mesmo que o filme conte com o (lindo!) Robert Pattinson, não consegue chegar nem perto da verdadeira aura da obra. Leiam, e preparem os lenços!

 A ESPERANÇA, DE SUZANNE COLLINS (LEIA A RESENHA!)
Ah, Suzanne Collins... Como algum dia irei superar os traumas psicológicos que adquiri ao ler o último volume da trilogia Jogos Vorazes? De longe o livro mais cruel da autora (e mantenham em mente que o primeiro gira em torno de uma chacina de adolescentes!), precisa vir acompanhado de uma caixa de lenços. E, além de conclusão linda e tão completamente triste do enredo, deixo a pergunta que todos os leitores se fazem até hoje: COMO SUPERAR A MORTE DO FINNICK? (selecione o texto para ver o spoiler!)

   Perceberam que a conta passou de cinco? rs. Peço desculpas, mas foi só impossível não chorar minhas mágoas contra a Suzanne Collins. Apesar de não terem entrado para a lista dos cinco livros, preciso deixar aqui algumas menções honrosas à: Tocada pelas Sombras, de Richelle Mead, que me fez perceber que aquele cabelo bonitinho e ruivo da autora somente esconde a pessoa maléfica que ela é por dentro; Convergente, de Veronica Roth, por que WTF, Veronica?!; e Cidade de Vidro, de Cassandra Clare, que além de nos maltratar durante toda a leitura com o segredo doloroso, tem um final que abala as estruturas mentais de qualquer um.

   E, finalmente, essa foi a minha lista. Não se esqueçam de votar na enquete abaixo para deixar sua opinião, e deixar aqui nos comentários um recado dizendo quais são os seus traumas - prometo que vou emprestar o meu ombro para você chorar, se precisar.


Por meio de suas redes sociais, a Editora Seguinte divulgou a capa nacional da obra de Benjamin Alire Sáenz, Aristóteles e Dante descobrem os segredos do Universo. Com lançamento previsto para abril, o livro traz a história de dois garotos, Aristóteles e Dante, que acabam se conhecendo em uma pura coincidência e se tornam grande amigos. Por meio dessa amizade, eles descobrem os segredos mais importantes da vida.


Sinopse: Aristóteles é um jovem solitário e introspectivo, revoltado com todos os segredos que o mantêm distante da verdade sobre sua própria vida. Dante é apaixonado por arte e literatura, tem opinião sobre tudo e um jeito único de ver o mundo. Em um verão tedioso, esses dois garotos completamente diferentes acabam se encontrando por acaso, e assim começa uma amizade especial – do tipo que muda vidas e dura para sempre. Através dessa amizade, Ari e Dante irão descobrir mais sobre si mesmos – e sobre o tipo de pessoa que querem ser.

Gostei realmente da premissa e da capa. Pretendo comprar esse livro de qualquer jeito. Mais alguém aí se interessou? A Editora Seguinte está fazendo um bom trabalho, não?


Aonde estão os nossos leitores Caçadores de Sombras? Cassandra Clare acabou de revelar em sua página no Tumblr o que significa a sigla de sua próxima trilogia que será sediada no universo shadowhunter: The Last Hours (As Últimas Horas, em português), conhecida até agora pela sigla TLH. Confira mais informações abaixo!



     "The Last Hours" é a nova série no universo dos Caçadores de Sombras de Cassandra Clare!
A série vai retratar os filhos de Will e Tessa, James e Lucie Herondale, os filhos de Charlotte e Henry, as crianças Lightwood e muito mais. 
    O livro se passa em 1903, na época Vitoriana - "roupas lindas, histórias fabulosas e muito mais, que estou empolgada para escrever sobre", disse a autora em sua página oficial do Tumblr. O título, assim como as outras obras de Clare, é baseado em um clássico da literatura: Grandes Esperanças, de Charles Dickens. 
    A série - que possuirá três livros: Chain of Thorns (Corrente de Espinhos), Chain of Gold (Corrente de Ouro) e Chain of Iron (Corrente de Ferro) - será interconectada com a outra futura trilogia shadowhunter, The Dark Artifices, que foi anunciada pela autora há pouco tempo.
 Mesmo que as datas de publicação ainda não estejam completamente definidas, já é certo que Lady Midnight, o primeiro livro de The Dark Artifices, será o primeiro a sair nos Estados Unidos. 
    Agora resta a nós, brasileiros, esperar e torcer para que a série também não demore a chegar por aqui. A previsão de publicação dos livros de "The Last Hours" lá fora é para 2017

Texto traduzido do original pelo blog Palácio de Livros - se for usar, dê os devidos créditos.


Só de pensar que 2017 está tão longe! Já fiquei tão ansiosa para conhecer a história - a as capas, que, se seguirem o padrão das outras publicações de Clare, devem ser espetaculares. A autora vai estar aqui pelo Brasil nos próximos meses: quem se compromete a fazer algumas perguntas para ela sobre a série iminente? 





Exibindo capa.jpg

Oi, pessoal! Hoje trago para vocês algumas informações sobre o livro do mais novo autor parceiro do blog, Marcel Colombo: Al-Aisha E Os Esquecidos, publicado pela editora Novo Século. Vamos conhecer um pouco mais? 



Sinopse:
Como num sopro de dragão, um fantasma surge em seu quarto, surgindo no lugar que você jurava ser o local perfeito e seguro. Mas essa aparição é apenas o começo de longos acontecimentos estranhos que estão por vir. Será que você sobreviveria à queda de uma estranha bola de fogo, que poderia destruir, quase que por completo, a sua cidade? Estaria pronto para descobrir o que existe dentro da destruição e da fumaça que se forma, indo muito além da imaginação de seu mundo? O seu mundo está para se colidir com um outro, e isso poderá mudar tudo… Até mesmo o seu destino. Tudo poderá acontecer e, de uma forma ou de outra, sua vida irá mudar para sempre, não importa onde e nem como. Siga as ordens de um coelho ranzinza, ajude o seu misterioso amigo, perdoe quem você jamais perdoaria, ame de verdade e deixe que eu seja a sua guia nessa jornada. Eu me chamo Al-Aisha e irei te guiar. Mas, antes, preciso saber: Você está pronto para ser esquecido?







Página no Skoob
Fanpage do livro
Facebook do autor

SOBRE O AUTOR
Exibindo DSC_045411.jpgMarcel Simões Colombo nasceu em São Paulo, Capital, em 03 de setembro de 1983. É formado em Publicidade. Aos treze anos publicou o livro O caso Feeney. Publicou ainda, nas coletâneas Moedas para o Barqueiro Vol. II e Dias Contados Vol. II, os contos Raquel e Renata e VIVA!









E ai, o que acharam? Eu não posso esperar para ler o livro. O Marcel já me enviou um exemplar, e a resenha estará em breve aqui no blog! Ah é, e um super obrigada ao Marcel pela parceria.


Em comemoração ao Valentine’s Day nos Estados Unidos, a autora Richelle Mead liberou um quote do personagem Adrian do próximo livro a ser lançado, o quinto volume da série Bloodlines. Silver Shadows tem previsão de lançamento para 29 de julho. No Brasil, a saga é publicada pela editora Seguinte.


Sinopse: Em The Fiery Heart, Sydney arriscou tudo para seguir seus instintos, caminhando por uma linha perigosa para manter seus sentimentos escondidos dos alquimistas.
Agora com as consequências do evento que virou seu mundo, Sydney e Adrian lutam para recolher os pedaços e encontrar o caminho de volta um para o outro. Mas primeiros, eles precisam sobreviver.
Para Sydney, presa e rodeada por adversários, a vida se converte em uma luta diária para ser fiel a quem é e aqueles que ama.
Enquanto isso, Adrian se apega a esperança no rosto das pessoas que dizem que Sydney é uma causa perdida, mas a batalha mostra-se cada vez mais difícil enquanto velhos demônios e novas tentações começam a se apoderar dele.
Quote: “O que há com você e as garotas, Adrian? Por que elas significam tudo ou nada para você? É sempre um extremo.”
“Porque eu não faço nada pela metade, mãe. Especialmente quando se trata de amor.”
Quem não ama esse Adrian? rsrs Para quem não conhece, os primeiros livros da série já foram publicados pela Seguinte, selo da Companhia das Letras. Apesar de não ter lido nenhum deles, recomendo a série somente levando em conta a ótima autora. Confira abaixo as capas dos citados livros:


Quem acompanha a série? Sinto muita vontade de lê-los, mas sempre deixo para depois. Conte-nos o que acham sobre ela!



Oi, pessoal, como vocês já devem saber, Philip Seymour Hoffman, ator que interpratava Plutarch Heavensbee no filme Em Chamas, da saga Jogos Vorazes, foi encontrado morto, sendo a causa da sua morte a overdose. Mas agora que ele faleceu sem terminar as gravações, que atitude a equipe das adaptações tomou? 

Antes de sua morte, Hoffman já havia terminado de gravar a primeira parte de “A Esperança”, contudo, restavam ainda uma semana para concluírem as gravações da segunda parte, que inclui uma das cenas mais importantes da trama, que os produtores não quiseram revelar qual é — mas que nós, que acompanhamos o livro, podemos imaginar qual seja.

Agora, foi decido pela equipe que o ator será recriado em um formato digital para as últimas cenas do longa.
Segundo o site “New York Post”, a equipe considerou essa opção como sendo melhor do que reescrever todo um roteiro ou convocar um outro ator para substituir Philip:

“Você pode fazer vários truques digitais, você pode ter conversas em que você não está focando nele, mas nas pessoas com que ele está falando”.




trailer-de-jogos-vorazes-a-esperança-parte-1-poderá-ser-lançado-em-abril-sobre-sagas-2014-capaDirigido por Francis Lawrence , “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1″ acompanha a jornada heróica de Katniss Everdeen, quando ela conduz os distritos de Panem em um rebelião contra o tirânico e corrupto Capitol. Enquanto a guerra que irá determinar o destino de Panem se agrava, Katniss deve decifrar por conta própria em quem ela pode confiar e o que precisa ser feito, com tudo o que a importa em risco.



“Jogos Vorazes – A Esperança: Parte 1 e 2 serão lançados em 21 de Novembro de 2014 e 20 de novembro de 2015, respectivamente.


Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Neste post trouxemos os lançamentos literários do Grupo Pensamento — novo parceiro do blog — e da Editora Arqueiro. Vamos conferir?

GRUPO PENSAMENTO

12 Anos de Escravidão - Solomon Northup
Filme vencedor do 71º Globo de Ouro e indicado para o Oscar 2014 em 24 categorias, é adaptação de livro que será publicado este trimestre pela Seoman. 12 Anos de Escravidão é um livro de memórias angustiantes sobre um dos períodos mais sombrios da história norte-americana. Ele relata como Solomon Northup, nascido um homem livre em Nova York, foi atraído para Washington, D.C., em 1841, com a promessa de um emprego, e então drogado, espancado e vendido como escravo. Ele passou os doze anos seguintes de sua vida em cativeiro, trabalhando, na maior parte do tempo, em uma plantação de algodão em Louisiana. Após seu resgate, Northup escreveu este registro excepcionalmente vívido e detalhado da vida escrava. Tornou-se um sucesso imediato e, hoje, é reconhecido por sua visão incomum e eloquência, como um dos poucos retratos realmente fiéis da escravidão americana, redigido por alguémtão culto quanto Solomon Northup — uma pessoa que viveu sua vida sob a óptica de uma dupla perspectiva: ter sido tanto um homem livre como um escravo. Nas telinhas do Cinema, Solomon Northup será interpretado pelo ator Chiwetel Ejiofor e Brad Pitt interpretará o abolicionista canadense que ajudou Solomon a reconquistar sua liberdade, além de ser o produtor do filme. Um relato surpreendente de um importante período, que conta em detalhes históricos, os perigos, os horrores e humanidade da vida de um grande número de escravos. Uma peça inestimável da História: as memórias de Solomon Northup.




Como se Relacionar com um Aquariano - Mary English
Uma análise bem-humorada do signo de Aquário. As informações precisas deste livro vão ajudar você a evitar erros comuns com relação a este penúltimo signo do Zodíaco e a elaborar com facilidade um mapa astral. Descubra como encontrar os pontos principais que o levarão a compreender melhor os aquarianos, aproveitando o melhor que esses nativos têm a oferecer. Com base em suas centenas de clientes e usando exemplos da vida real, Mary English nos oferece informações surpreendentes e mostra "Como se Relacionar com um Aquariano".









Como sobreviver a um pisciano - Mary English

Você já se perguntou o que acontece na cabeça de um pisciano? Já enfrentou o desafio de lidar com um deles? Está cansado de tentar fazer com que um pisciano entenda você? As informações precisas deste livro vão ajudar você a evitar erros comuns com relação a este último signo do Zodíaco e a elaborar com facilidade um mapa astral. Descubra como encontrar os pontos principais que o levarão a compreender melhor os piscianos, aproveitando o melhor que esses nativos têm a oferecer. Com base em suas centenas de clientes e usando exemplos da vida real, Mary English nos oferece informações surpreendentes e mostra Como Sobreviver a um Pisciano.










Educação Verde, Crianças Saudáveis - Heike Freire
Atualmente é grande o número de crianças cujo contato com a natureza é escasso, quando não inexistente. Esta falta pode ser a causa de inúmeras doenças: obesidade, desequilíbrio no biorritmo, problemas motores e de linguagem, asma, estresse, agressividade, hiperatividade, depressão. As crianças precisam da natureza para se desenvolverem de uma forma mais saudável em todos os níveis: físico, emocional, mental, social e espiritual. Neste livro, Heike Freire define de uma maneira simples e inteligente a problemática enfrentada pelas crianças, e oferece meios para que restabeleçam o contato com a Mãe Natureza e estratégias para que aprendam os ensinamentos dela.







EDITORA ARQUEIRO



Tentação sem Limites - Abbi Glines
Sinopse: A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la? O terrível segredo de Rush Finlay. Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo. Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente. Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela. Segundo volume da trilogia Sem Limites, que já vendeu mais de 5 milhões de exemplares no mundo, Tentação sem limites é tão viciante e tentador quanto uma paixão proibida.




Amigas para Sempre - Kristin Hannah
Sinopse: Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos. Kate, por sua vez, a ensinou a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena. As duas juraram que seriam amigas para sempre. Essa promessa resistiu ao frenesi dos anos 1970, às reviravoltas políticas das décadas de 1980 e 1990 e às promessas do novo milênio. Até que algo acontece para abalar a confiança entre elas.




Um Perfeito Cavalheiro - Julia Quinn

Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse parece um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, ela é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, porém, ela consegue entrar às escondidas no aguardado baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois. Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica.


Ótima notícia para quem, assim como eu, é um grande fã de Belo Desastre. A Editora Verus acaba de divulgar o título, capa e sinopse da versão nacional de "A Beautiful Wedding", de Jamie McGuire. 
A capa saiu do modelo da americana e seguiu o padrão das nacionais, e a tradução do título - apesar de soar melhor em inglês - manteve-se fiel: "Belo Casamento". Confira!

"A louca e viciante história de amor de Travis e Abby foi narrada por ela em Belo Desastre e por ele em Desastre Iminente. Como num conto de fadas moderno, sabemos que eles se casaram e foram felizes para sempre... mas quanto realmente conhecemos dessa história? Por que Abby fez o pedido de casamento? Que confidências eles trocaram antes da cerimônia? Onde passaram a noite de núpcias? Quem sabia que eles iam se casar e guardou segredo? Todos os detalhes sobre o casamento de Travis e Abby eram secretos... até agora. Os fãs do casal mais quente da literatura terão todas as suas perguntas respondidas nesta história vertiginosa sobre o dia (e a noite...) do casamento de Travis e Abby — e o melhor, contada pelo ponto de vista dos dois!"
Apesar de não ter particularmente amado a capa, achei que ficou bonitinha e pertinente com o padrão das brasileiras. Com certeza será o tipo de livro que comprarei na pré-venda! rs. 
E você, gostou da capa? Já leu/ pretende ler a série?


Oi, gente! O Palácio de Livros se reuniu com mais 14 blogs para montar uma super promoção e animar o seu carnaval com vários livros. São três kits com títulos incríveis. Dá uma olhada!


PARA PARTICIPAR BASTA:
  • Ter endereço de entrega em território nacional;
  • Seguir as redes sociais obrigatórias do formulários que desejar concorrer;
  • Cada blog é responsável pelo envio do prêmio correspondente em até 45 dias;
  • O não cumprimento de alguma das regras resultará na eliminação do sorteado.

Kit 1 - Romances
Prêmios:
Blog Yume e os Livros: De repente, é ele
Blog Leituras da Paty: O dia da caça
Blog Que nerdisse Alice: Para sempre
Blog Books and movies: Presentes da vida
Blog Palácio dos Livros: O Poder da Energia
 
Kit 2 - Juvenil
Prêmios:
Autora Eleonor Hertzog - Cisne + Marcadores
Blog Cantinho para leitura: Em busca de Wondla
Blog My Queen side: As mais
Site Arca Literária: Biografia Harry
Blog Livros e outros vícios: Kit de marcadores

Kit 3 - Diversos
Prêmios:
Blog Mundo Imaginário: The walking dead: a Ascensão do Governador
Blog Garota Indecisa: A breve vida de Bree Tanner
Blog Stories and Advices: Um gato de rua chamado Bob
Blog Sempre Nerd: Garotas de vidro
Blog Caixinha de rabiscos: 8 ímãs com capas de livros

A promoção se encerra no dia 14/03/2014. Aproveitem!
"E que a sorte esteja sempre a seu favor!"


Livro: A Elite

Título Original: The Elite
Autor (a): Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 360
ISBN: 9788565765121

Sinopse: A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Mas sempre que vê seu ex- namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda, ela sente que é nele que está o seu conforto. Porém, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher.





 TRILOGIA "A SELEÇÃO"
    1.  A Seleção
    2.  A Elite
    3.  The One

 

     Sendo a continuação de um sucesso internacional, é com grande estima que trago à vocês a resenha de A Elite, segundo volume da série A Seleção, escrito pela renomada Kiera Cass. A trilogia chegou com sucesso ao Brasil através da Editora Companhia das Letras, responsável pelo Selo Seguinte – rótulo destinado a livros que atraem o público YA, ou seja, tanto os jovens quanto os adultos. As ilustrações contidas nas capas da série foram o principal motivo da conquista de leitores, mas foi seu conteúdo que conquistou fãs. Será que A Elite realmente faz jus à fama que tem? Será vale a pena prosseguir nessa série tão contemplada? Confira a resenha a seguir. 

    America enfim faz parte da Elite, a fase final da Seleção. Agora o príncipe Maxon teria que escolher uma, dentre as seis participantes que restaram, para ser sua mais nova esposa, e para carregar – no futuro – uma coroa pesada pelas responsabilidades. E todas pareciam ter algo à oferecer à esse futuro rei: uma era doce e educada, outra tinha contatos importantes enquanto as demais pareciam agradar tanto o publico quanto os conselheiros do príncipe. Menos America. Ninguém, além do próprio príncipe, queria que ela se mantivesse no concurso. Seus modos eram grosseiros, era incrivelmente teimosa e tinha outro problema: America fizera parte da quinta casta, uma das mais baixas. 
    Para piorar mais ainda, Aspen – seu antigo namorado – estava cada vez mais presente em seu cotidiano, confundindo a mente de America. Na condição de guarda, Aspen sempre arrumava um jeito de encontrá-la e cada vez que nossa protagonista se via sozinha com ele, sem a pressão que o Palácio projetava, ficava tentada em voltar para casa e dar inicio aos planos que meses atrás acreditava que dariam certo: casar-se com Aspen e ter uma vida simples ao seu lado. Naquela época, isso bastava. Mas naquela época não havia o irresistível Maxon. 
    Com a competição cada vez mais acirrada, America descobre amizade aonde duvidava existir e mais inimizades nascem entre as adversárias.E com o intuito de diminuir o número de participantes, provas foram arquitetadas, a fim de testar as qualidades das concorrentes. Será que America se daria bem? 
    Conforme o tempo passava, os ataques de rebeldes ao Palácio se tornava mais freqüente e brutal, e ninguém sabia o que procuravam. Foi numa dessas cenas que America fugiu para floresta, atordoada com a ofensiva, e viu um grupo de rebeldes fugir com inúmeros livros. O que pretendiam com isso? 
    Independente da vitória ou do fracasso, America tinha um ideal acima de qualquer outro – acima até mesmo de Aspen e Maxon – ela queria mudar o cenário de Ilea e deixá-la mais justa e mais igualitária. Contudo, para que sua vontade fosse feita, teria que se sacrificar e ousar quebrar as regras já impostas. Esse era o talento de America. Enquanto as outras poderiam ser boas esposas e terem uma ótima imagem como rainha, America realmente poderia comportar-se como uma e mudar o mundo. 

    A Elite foi inteiramente melhor que a Seleção. O primeiro volume dessa série conseguiu me decepcionar bastante pela falta de veracidade no cotidiano de America. Kiera Cass, a autora, pareceu ter uma visão muito limitada do mundo que criou em A Seleção. E, apesar de ter tido uma idéia absurdamente conquistadora, não soube desenvolvê-la muito bem, talvez pela falta de experiência como escritora.
    Mas o segundo volume trouxe outras qualidades. Logo nos primeiro capítulos, vemos que a autora abriu mais sua imaginação e retratou melhor seu mundo distópico, com altos e baixos. O livro não focou somente no maldito e cansativo triângulo amoroso, mas na sociedade em geral, abordando temáticas bem críticas e, conseqüentemente, um conteúdo mais admirável. 
    America é uma personagem com personalidade forte e explosiva, cabendo perfeitamente bem nessa história. Mas sua confusão aumentou em A Elite quando o assunto era Aspen e Maxon, tornando a nossa protagonista mais distante de ser compreendida pelo leitor. Em um instante America afirmava que a única causa que comprometia seu futuro relacionamento com Aspen era sua casta inferior e as dificuldades que esta geraria, porém, assim que Aspen aumentou de casta, a autora não soube criar mais nenhum obstáculo entre os dois, fazendo essa “indecisão” de America ser sem fundamento profundo. Mas realmente havia o Maxon como um possível – mas bem fraco – obstáculo. Além de ser demasiado perfeito, o príncipe pareceu-me errado para ela desde o inicio. Afinal, perfeição não mantém casamento nenhum. 
    Creio que outro fato que possa incomodar os leitores é a “amnésia” temporária que America tem quando passa tempo com um dos homens em questão. Parece que quando ela está com Maxon, nem se lembra de Aspen, e quando está com Aspen, além de se esquecer completamente de Maxon, parece estar decidida a largar tudo por esse amor. Definitivamente não é uma “amnésia” cabível, é algo fora do normal
    Apreciei bastante o melhor desenvolvimento de personagens, até mesmo os de menor importância, assim como as cenas novas e inesperadas, que pareciam ser improváveis de se concretizarem neste livro pela limitação da autora que citei anteriormente. Entretanto, Aspen, um personagem de incrivel importancia está cada vez mais se perdendo, ficando fraco, irreconhecível e forçado demais. Simplesmente não me lembra o Aspen que conheci em A Seleção.
    Uma qualidade inquestionável em A Elite é sua capacidade de prender o leitor até o fim. Definitivamente, trata-se de um livro fácil de se ler. Se não houver um questionamento profundo, é difícil de ser irritar com o livro – a não ser com o triangulo amoroso mal estabelecido. 
    A narração é em primeira pessoa, é uma narração leve, que flui bem, mas que me incomodou em alguns poucos momentos, pela falta do da linguagem culta. E talvez essa linguagem não caberia nesse tipo de livro. 
    Kiera Cass abriu mais lacunas e aguçou mais a atenção do leitor. Espero realmente que A Escolha, o próximo e último volume, seja extremamente surpreendente. Estou torcendo para a autora se dar conta que o triangulo amoroso não precisa ser, necessariamente,e o único ponto forte desse enredo. Academia de Vampiros é uma boa prova de que há como criar um romance dentro de uma história sem precisar focar muito mais em um. Às vezes, um equilíbrio vem a calhar, principalmente em uma distopia constituída por problemas sociais e rebeliões. Através delas, há, sem dúvidas, como desenvolver outros pontos. 
    A capa do livro é linda, e toda o designe construído pela Seguinte é fenomenal. Não houve um erro sequer de ortografia, e a fonte da letra e o papel utilizado contribuíram para uma leitura saudável. 
    Indico a leitura a todos que apreciam um livro “fofo”, que se divertem com triângulos amorosos e que preferem leituras que fluem com rapidez.
Primeiro parágrafo:
"A atmosfera de Angeles estava tranquila. Permaneci imóvel por alguns instantes, ouvindo o som da respiração de Maxon."
Melhor Quote 1:
"Já não estava lá para ganhar. Então como poderia sair sem grande estilo?"
Melhor Quote 2:
"Não havia explosões. Não havia fogos de artifício. Era uma chama lenta, queimando de dentro para fora."


Obs. Pessoal, estou com um livro A Elite novo repetido aqui em casa, se alguém estiver interessado em comprar por um preço bem acessível, é só mandar um email pedindo-o para palaciodelivros@gmail.com. Pretendo vendê-lo por R$ 16,50. O frete combinamos. Obrigada! 



Olá! Hoje venho mostrar os livros que chegaram para nós no mês de janeiro. Essa edição da Caixa de Correio vai mostrar os livros recebidos pela Editora Novo Conceito, e, na próxima edição, mostraremos nossas compras do mês. Prontos?

Quando Eu Era Joe, de Karen David. As críticas positivas sobre esse livro são cada vez mais frequentes, e já está na lista de próximas leituras. 

Sociedade dos Meninos Gênios, de Lev A.C Rosen. O livro é grandinho, tendo mais de 500 páginas. A história parece ser mais juvenil e divertida. 

Depois de "Um Gato de Rua Chamado Bob", James Bowen continua narrando suas diversas aventuras com o gato de estimação, Bob (dã! rs.). A Letícia, que amou o primeiro livro, não pode esperar para ler a continuação. 

"A Cidade dos Segredos" foi minha primeira leitura de Fevereiro. Adorei o livro, e todo o clima meio dark e intenso que ele possui. A resenha sai daqui uns dias aqui no blog!

LOMBADAS! 

Qual dos livros acima está na sua lista de desejados? E quais foram suas compras de janeiro? Conta para a gente!



    Ei, pessoal! Um dos lançamentos de fevereiro da Novo Conceito é o livro "Por toda a eternidade", de Kristin Hannah. Vocês podem conhecer mais sobre a obra aqui na página do Skoob, e para adquirir o livro visitem a página dele na Saraiva.

Para comemorar esse lançamento, em parceria com a editora, vai rolar uma promoção relâmpago aqui no blog valendo o livro "Por Toda A Eternidade" + marcador + PORTA-RETRATOO!

Preencha o formulário abaixo e concorra! Para participar é muito simples, e só existem duas regras obrigatórias:
1. Seguir o blog por Google Friend Connect
2. Curtir a página da Editora Novo Conceito no Facebook.
a Rafflecopter giveaway
Bora participar, gente!
"E que a sorte esteja sempre a seu favor!"


Olá, pessoal! A Editora Leya confirmou há pouco em um evento entre blogs parceiros que o escritor americano considerado como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo e conhecido por escrever a série de livros de fantasia épica As Crônicas de Gelo e Fogo, George R. R. Martin, visitará o Brasil em 2015.
Apesar de a notícia de que Martin estará na Bienal do Rio de 2015 estar circulando pela internet há alguns dias, a informação não é precisa. O site Game Of Thrones BR entrou em contato com a Editora Leya, e a resposta foi a seguinte:
"Existe a previsão dele vir em 2015, mas não para a Bienal do Rio. Ainda não temos a data."

George R. R. Martin trabalhou dez anos em Hollywood como argumentista e produtor de diversas séries e filmes de grande sucesso. Autor de várias coletâneas de contos e noveletas, foi em meados de anos 90 que começou a sua obra mais famosa, As Crónicas de Gelo e Fogo. É a saga de fantasia mais vendida da atualidade e uma adaptação televisiva de grande sucesso foi realizada pela HBO.

Um autor multifacetado, a sua obra estende-se a diversos géneros como o horror, a fantasia, ficção científica, e a prova disso são os títulos Dying of the Light, Windhaven (com Lisa Tuttle), The Armageddon Rag e Sonho Febril. O autor vive em Santa Fé, Novo México, com a sua mulher, Parris. 

Recentemente a Editora Leya trouxe aos fãs de Martin mais alguns de seus livros: os dois primeiros volumes da série Wild Cards e o primeiro volume da série Histórias do Mundo Gelo e Fogo, O cavaleiro do Sete Reinos. 

Confira abaixo as capas brasileiras dos mais novos livros de Martin:

  


CÉUS! Venderei meu rim — só um, por favor  para estar presente aonde quer que ele esteja quando visitar nosso país. George é meu autor favorito e seria muito bom vê-lo, nem que seja de longe. Bom, agora é aguardar a confirmação oficial e as datas da editora! Ansiosos? 


Acabou de sair o mais novo trailer “Divergente”, adaptação do primeiro livro da trilogia homônima bestseller de Veronica Roth. Prontos para conferir?


Os livros envolvem uma distopia sobre uma sociedade dividida em cinco facções. E aos dezesseis anos, todos devem fazem um teste para definir à qual facção pertence. Porém, há um grupo de pessoas que não se encaixam, os Divergentes.

A produtora já anunciou que Insurgente chegará às telas em março de 2015 e Convergente, o último livro da série em março de 2016. No Brasil o livro será publicado pela Rocco. As gravações de Insurgente começam nessa primavera. Já o primeiro filme estreia em 18 de abril no Brasil.



Achei o trailer bem empolgante, e parece que o filme será bem fiel ao livro, concordam? Quem aí está ansioso para a estreia?





Olá, shadowhunters!  Agora é oficial. Cassandra Clare, autora da série Instrumentos Mortais e Peças Infernais marcará presença na Bienal de São Paulo, que ocorrerá daqui à sete meses. Houve uma matéria sobre nossa futura visitante na Folha de São Paulo. Bora conferir um trecho?


     A escritora norte-americana Cassandra Clare, 40, autora da série "Os Instrumentos Mortais", é o primeiro nome internacional confirmado para a Bienal do Livro de São Paulo, que acontece de 21 a 31 de agosto deste ano, no Anhembi.
Com mais de 26 milhões de livros vendidos no mundo, sendo 500 mil no Brasil, onde é publicada desde 2010 pelo selo Galera Record, Clare lançará, no primeiro final de semana do evento, a edição impressa de "As Crônicas de Bane".

Da série mais famosa da autora, "Os Instrumentos Mortais", o selo Galera Record já publicou os cinco primeiros volumes –o primeiro ganhou versão cinematográfica no ano passado. O sexto e último, "Cidade do Fogo Celestial", foi anunciado para o próximo mês de maio em língua inglesa e deve ser publicado na sequência em português.

Nascida no Teerã, no Irã, filha de pais americanos, e batizada Judith Rumelt, Clare passou a infância viajando pelo mundo com a família. Em Los Angeles, ainda na escola, iniciou um romance chamado "The Beautiful Cassandra", baseado na história homônima de Jane Austen. Após a faculdade, atuou como jornalista em revistas de entretenimento.
Ficou famosa na internet antes de lançar o primeiro livro da série "Os Instrumentos Mortais", quando, como escritora de fanfics (ficções criadas por fãs) da série "Harry Potter", ameaçou queimar os livros de J.K. Rowling quando esta disse que Harry e Hermione nunca ficariam juntos.


O que acharam da novidade? Fiquei muito animada e vou fazer o máximo para poder vê-la! 
Quem irá para Bienal dessa ano?


.