Livro: 13 Incidentes Suspeitos
Autor (a): Lemony Snicket
Editora: Seguinte
Páginas: 243
ISBN: 9788565765503
Sinopse: Livro extra e independente da série Só Perguntas Erradas, com 13 contos que estimulam o leitor a desvendar os mistérios antes de ler as soluções no final.A peculiar cidade de Manchado-pelo-Mar é palco de muitos eventos estranhos e é lá que o jovem Lemony Snicket - famoso solucionador de mistérios - tenta resolver seu primeiro grande caso, relatado em detalhes na série Só Perguntas Erradas. Mas os mistérios se sucedem, e o detetive mirim agora terá de descobrir por que quadros caem sozinhos das paredes, quem roubaria um tritão amarantino, como é possível que um fantasma passeie pelo cais à meia-noite e quem faz parte da famigerada Gangue do Tijolão, entre vários outros enigmas. Lemony Snicket precisará juntar pistas e interrogar testemunhas para desvendar cada caso.Os leitores se tornam membros da organização secreta de Snicket e também participam da investigação: o desafio será resolver os casos antes de ler as soluções, reveladas no final do livro.

SÉRIE "SÓ PERGUNTAS ERRADAS"
    1.  Quem poderia ser a uma hora dessas?
    2.  Quando você a viu pela última vez?
    2.5  13 Incidentes Suspeitos
    3.  Você não deveria estar na escola?
    4.  
Why Is This Night Different from All Other Nights? (sem previsão de lançamento).

   Lemony Snicket é mais velho que você e deveria saber das coisas. Outros relatos e estudos feitos anteriormente por ele foram recolhidos e publicados em forma de livro, como é o caso de sua famosa saga Desventuras em Série e outros livros como Autobiografia não autorizada, Raiz-forte, 13 Palavras, O Compositor está morto e O Pedacinho de carvão. Pseudônimo de Daniel Handler, Snicket nasceu em São Francisco e atualmente prepara, como diretor, a adaptação de Desventuras em Série para um série de televisão produzida pelo Netflix.

   Em uma cidade peculiar como Manchado-pelo-mar, não é nenhuma surpresa que incidentes suspeitos aconteçam o tempo todo. Lá, a indústria de tinta, antes pujante, foi se esvaindo depois que o mar foi drenado e restaram pouquíssimos polvos de onde antes se extraía a substância. A maioria da população foi embora, deixando para trás um vilarejo quase desértico, onde as crianças muitas vezes são obrigadas a agir como adultos e os adultos se comportam como crianças, como é o caso dos últimos policiais restantes na cidade, um casal, marido e mulher, que brigam por tudo e qualquer coisa, mas não solucionam nenhum crime e nem fazem valer a justiça na cidade.
   Essa cidade, no entanto, é palco de outros eventos estranhos e é lá que o jovem Lemony Snicket, famoso por sua inteligência em reconhecimento de padrões investigativos, tenta resolver seu primeiro grande caso relatado em detalhes na série Só Perguntas Erradas. Mas os mistérios se sucedem, e o detetive mirim agora terá de descobrir por que quadros caem sozinhos das paredes, quem roubaria um tritão amarantino, como é possível que um fantasma passei pelo cais à meia noite e quem faz parte da famigerada Gangue do Tijolão, entre vários e outros incidentes que fazem parte dos 13 presentes na cidade. Lemony Snicket precisará juntar pistas e interrogar testemunhas para desvendar cada caso. Mas não fará tudo isso sozinho, claro! A ajuda do leitor será de grande valor.

   13 Incidentes Suspeitos é um livro extra da série Só Perguntas Erradas, lançada no Brasil pela Editora Seguinte. Ou seja, o livro não é o terceiro da série, mas algo entre o segundo e o terceiro. Sendo assim, não é necessário ter lido os anteriores para que haja compreensão neste. Vale lembrar, inicialmente, que o livro é dividido em duas fundamentais partes: Subarquivo A, onde estão os relatos dos 13 casos suspeitos de Manchado-pelo-mar, e Subarquivo B, onde estão as resoluções dos 13 incidentes e mais alguns fatos relacionados aos outros livros da série. Para quem já leu os anteriores, esse é um excelente passatempo enquanto o terceiro livro ainda não foi lançado. 
   Lemony Snicket, o autor, é conhecido principalmente por Desventuras em Série, saga composta por 13 livros, um romance gótico bem aclamado. Quando soube da existência da série Só Perguntas Erradas e da oportunidade de ler e resenhar seu extra, não pensei duas vezes. Confesso que até então, antes de surgir a oportunidade da resenha, eu não conhecia Só Perguntas Erradas, mas já posso, agora, me considerar um grande fã da série. Minhas expectativas para o livro foram boas e confesso que elas se superaram, já que o livro se mostrou algo maior do que imaginei. Sem dúvidas, os fãs de Snicket irão adorar mais esse livro.
   Com uma narração impecavelmente em primeira pessoa, 13 Incidentes Suspeitos nos trás o relato de 13 casos suspeitos que aconteceram em Manchado-pelo-mar e suas respectivas resoluções. Narrado por Lemony Snicket — o personagem detetive mirim que recebe o mesmo pseudônimo do autor , o livro apresenta uma trama totalmente inovadora, atípica e inteligente. Sem dúvidas, a narração em primeira pessoa — com altos detalhes, ótima descrição de cenários e uso da formalidade , aliada a excelente escrita do autor, contribuiu muito para o preternatural dinamismo do livro.
   Esse livro, sem dúvidas, desperta o interesse na maioria das pessoas que lê ele, e até mesmo naquelas que olham apenas a capa, o título ou a resenha. Mas isso não é apenas uma coincidência ou um livro com título bom e uma boa sinopse. 13 Incidentes Suspeitos, como a maioria dos livros de Snicket, chama a atenção pela inteligência e a lógica por trás de toda a trama, desde o título a sinopse, desde os cenários as descrições, e desde o humor ao mistério presente. Sem dúvidas, é um livro que trabalha nosso raciocínio e nos faz ansiar mais e mais pela leitura e por mais páginas, quando as últimas chegam ao fim.


   É um livro totalmente diferente, já que além de termos as descrições dos incidentes, crimes, casos, é dado ao leitor a oportunidade de pensar — junto ao detetive mirim — e desvendar respectivamente os incidentes. Isso é o que mais nos prende ao livro, o desejo de tentar descobrir cada um dos 13 incidentes, relatados, em alguns casos, de maneira nada clara, mas que consegue trabalhar a mente de quem lê de formas inteiramente dinâmicas e sórdidas. Possivelmente, o autor teve de realizar muitos estudos e buscado muita inspiração para compor todo esse cenário completo que percebemos no livro, já que o mesmo é muito bem idealizado, fruto, possivelmente, de muito trabalho e pensamento por parte do autor, principalmente no que se refere à construção dos poucos e bons personagens presentes, já que os mesmos apresentam um desenvolvimento bem bacana e inteiramente fluido.
   Quanto aos personagens — pelo que pude perceber, por pessoas que já leram o livro — a maioria presente em Só Perguntas Erradas está em 13 Incidentes Suspeitos, ainda que brevemente e de passagem, como: Moxie Mallahan, Jake Hix, Harvey, Mimi e Stew Mitchum, Dashiell Qwerty, entre outros. Cada conto, que retrata um dos 13 incidentes, tem pelo menos uma dessas pessoas conhecidas da série. Devido ao fato de que elas são apresentadas brevemente e sem maiores detalhes, eu não posso aprofundar com clareza sobre a vida de cada um — já que devido à brevidade, presente neste extra, seria como se Lemony Snicket fosse o único personagem central e todos os demais secundários.
   No todo, posso apenas dizer que, ainda que não seja aprofundada a vida de cada um, os personagens são detalhados de maneira suficiente para a compreensão da história, e em essência são todos bem humorados, e dão a narrativa um toque mais leve, despretensioso e ainda melhor do que já é. Quanto a Lemony Snicket, está pra nascer alguém com a inteligência dessa pequena criança. Se em nosso mundo houvesse mais crianças como o jovem detetive mirim, as coisas seriam bem melhores, em todos os sentidos. Um personagem muito bem feito, construído e altamente combinado com o dinamismo do livro. Acredito que é bem difícil não se encantar com a narração do detetive e não se apaixonar por sua inteligência.

— Nada pessoal — disse o mecânico. — É que estou com um problema nas mãos.
— Problemas são como graxa — eu disse, apontando o queixo para o macacão de Jackie. — Se está com um, provavelmente vai passar para todo mundo que estiver por perto.
— Juca e Chico disseram que você é bom num aperto — disse Jackie.
— Depende do tipo de aperto — eu disse.

   Quanto a críticas, eu não tenho muito que dizer! É um livro que ao mesmo tempo em que se mostra simples, aparenta complexidade. Algo que agrada, sem dúvidas, mas que apresenta — apesar de toda a boa construção — um pequeno e exagerado detalhe, que merece destaque, que é o fato dele ser catalogado como infanto-juvenil, ainda que tenha um dinamismo inapropriado para literatura infantil. No todo, está acima de algo juvenil. Então, acho que mesmo que o autor tenha tentado criar algo para esse gênero, ele fez algo muito acima disso. Não que uma criança não possa ler 13 Incidentes Suspeitos. Poder pode! Mas certamente não compreenderá muito das descrições, dos incidentes e da escrita floreada e formal do autor. É um livro — ótimo, porventura — para jovens e adultos, apenas! Fora isso, apenas elogios, uma obra muito bem feita.
   Quanto à edição, como sempre, a Seguinte caprichou! Todos os parabéns a editora. Realmente a editora provou que o segredo não está no luxo, mas na simplicidade. Uma edição simples, comparada a outras, mas que apresenta qualidades superiores e mais belas que outras edições, consideradas luxo. A capa, como podem ver pelas fotos, ficou um trabalho de muito esmero e de total beleza e coerência com os fatos descritos no livro. O mesmo acontece com a diagramação, com destaque para o papel grosso, ótimo espaçamento e uma excelente fonte, sem contar, é claro, as belas ilustrações de Seth, o ilustrador do livro. Quanto a tradução e a revisão, merecem também todas as parabenizações. Não encontrei nenhum erro de revisão
   Por fim, esclareço mais uma vez que esse é um excelente passatempo, principalmente para quem busca novos desafios literários e que curte livros com uma pegada mais inteligente, complexa e que desafia a mente e as convicções de quem lê. 13 Incidentes Suspeitos não é um livro maravilhoso, mas com certeza é um excelente passatempo, como disse, e isso se deve principalmente a sua construção, aliado a toda a experiência agradável, atípica e misteriosa que ele proporciona. Altamente recomendado! 

Primeiro parágrafo do livro: “Certo dia pela manhã, eu estava discutindo com a adulta responsável por mim. Tenho certeza de que não preciso descrever isso pra você, já que um dos maiores problemas do mundo é que esse tipo de discussão acontece em quase todos os lugares, quase todas as manhãs, envolvendo praticamente todas as crianças que existem e algum adulto.”
Melhor quote: “Até mesmo algo que sempre esteve em perfeito estado tem suas decaídas de vez em quando.”





3 Comentários

  1. Amei a resenha! Sou fã do Snicket, parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Pode me tirar uma dúvida por favor ?
    Acabei de ler o livro e gostaria de saber por que tem mais resoluções que o número de casos?
    Tem resoluções cujos casos não estão no livro...
    Pode me ajudar a entender por que por favor ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso tem alguma relação com os livros anteriores da série (ou com os novos que serão e/ou já foram lançados).
      Eu também meio que não entendi, mas acho que é isso. :D

      Abraços!

      Pedro
      EQUIPE PL

      Excluir

.